loader image

A verruga comum é verdadeiramente muito comum. Mas às vezes parece que os tratamentos populares para as verrugas são ainda mais comuns. E existe uma boa razão para isso: não só os tratamentos populares dão resultado, como frequentemente os tratamentos médicos nada são em comparação aos populares.

(…)

Tratamento com a farmácia verde

Eis aqui algumas plantas que o leitor talvez queira ter em conta se estiver a combater este persistente problema tão molesto.

  • Bétula (Betula, várias espécies): A casca de bétula usa-se para tratar as verrugas em lugares tão diversos como a China, a Escandinávia e o Michigão. Contém dois compostos, betulina e ácido betulínico, que têm actividade antiviral. A casca de bétula também contém salicilatos que estão aprovados pela Direção de Alimentação de Alimentação e Fármacos para o tratamento das verrugas. Se o leitor tem acesso à casca fresca de bétula, pode colocar um pedaço de casca humedecida diretamente sobre a verruga. Também pode preparar um chá de casca de bétula acrescentando uma ou duas colherzinhas de casca em pó a uma chávena de água a ferver, deixando em infusão durante de minutos. Pode tomar o chá e também esfrega-lo diretamente nas verrugas.
  • Sanguinária (Sanguinaria officinalis): Esta planta contém compostos irritantes para a pele (queleritrina e sanguinarina) mais enzimas proteolíticas, substâncias que ajudam a decompor as proteínas e os tecidos infetados com verrugas. Pode ser que isto explique o uso popular da sanguinária para eliminar as verrugas. Procure um unguento (pomada) que contenha esta planta.
  • Rícino (Ricinus communis): Muitas pessoas em muitos países recomendam o óleo de ricínio para tratar as verrugas. Diz-se que se deve dar uma massagem com o óleo diretamente nas verrugas várias vezes ao dia.  Há várias formas de reforçar os efeitos antiverrugas deste óleo. Sugiro-lhe que ponha um punhado de casca de salgueiro no óleo e a deixe aí durante um par de dias. O salgueiro contém compostos semelhantes à aspirina, conhecidos como salicilatos, que podem ser úteis. Outros ervanários juntam alguns dentes de alho, outro remédio popular para as verrugas, e deixam que esta mistura se integre por uns dias.
  • Celidónia (Chelidonium majus): A celidónia contém alguns dos compostos da sanguinária (queleritrina, sanguinarina e enzimas proteolíticas). (…) Se o leitor tem acesso à planta fresca, pode aplicar o sumo amarelo diretamente sobre as verrugas uma ou duas vezes por dia, durante cinco ou sete dias. De contrário, pode experimentar aplicar um chá forte feito com a erva seca.
  • Dente-de-leão (Taraxacum officinale): Vários ervanários proeminentes recomendam eu se trate as verrugas com a substância leitosa do dente-de-leão que brota quandose cortam as folhas e os caules. Sugiro a aplicação desta substância leitosa uma vez por dia, durante cinco a sete dias. A mim não me deu muito bom resultado mas cada pessoa reage de forma diferente e talvez o leitor gostasse de o experimentar.
  • Figueira (Ficus carica): Os figos contêm enzimas proteolíticas conhecidas por ficinas. Em muitas culturas, as pessoas usam várias espécies de figueiras para tratar as verrugas. Dizem que a substância leitosa que brota do fruto e da rama ajuda a eliminar calos e verrugas.  Se o leitor deseja experimentar este remédio antigo, sugiro-lhe que aplique a substância leitosa uma vez por dia, durante cinco a sete dias.
  • Asclépia (Asclepias, várias espécies): Muitas pessoas em muitos lugares recomenda o uso do líquido leitosa que brota desta planta para tratar das verrugas. Sugiro que dê uma massagem suave nas verrugas com o líquido fresco várias vezes ao dia.

(…)

  • Ananaseiro (Ananas comosus): Esta é outra planta rica em enzimas proteolíticas. O antropólogo e médico Dr. John Heinermann, autor de Heinermann’s Encyclopedia of Fruits, Vegetables and Herbs, sugere que se corte um pedaço de casca de ananás e se coloque a parte interna sobre as verrugas na planta do pé, segura com um adesivo durante toda a noite. Diz para na manhã seguinte se retirar o parche e se lavar o pé com água quente. Em casos muito resistentes, esta operação pode exigir várias repetições.
  • Soja (Glycine max): O feijão de soja é um velho tratamento médico chinês para as verrugas, de acordo com o farmacognosista (farmacêutico de produtos naturais) Dr. Albert Leung. Cita ele um jornal médico chinês que publicou um estudo curioso a este respeito. Durante três dias, três vezes ao dia, alimentaram-se exclusivamente com rebentos de soja amarelos fervidos em água, sem sal nem outro tempero, quatro pessoas com verrugas. O Dr. Leung sustenta que “os quatro pacientes assim tratados curaram-se e as verrugas não voltaram a aparecer”.
  • Salgueiro (Salix, várias espécies): A Direção de Alimentação e Fármacos dos Estados Unidos aprovou o ácido salicílico, que se encontra em abundância no salgueiro, para eliminar as verrugas, e encontra-se presente em muitos preparados sem receita médica para as verrugas, joanetes e calos. (…) A minha preferência seria segurar com uma fita adesiva um pedaço de casca interior de salgueiro humedecida sobre a verruga e mudá-la todos os dias, durante cinco a sete dias.
  • Tuia-vulgar (Thuja occidentalis): Os naturopatas sugerem que se aplique óleo de tuia-vulgar nas verrugas. Contém compostos anti-virais, alguns dos quais também se encontram na maçã-silvestre. O Dr. Weiss sugere que se besunte as verrugas com tintura da planta de manhã e à noite, durante várias semanas. Isto dá bom resultado nas verrugas pequenas, diz ele, mas não tanto nas verrugas grandes e compactas. Parece-me que vale a pena experimentar.
  • Bananeira (Musa paradisiaca): Alguns curandeiros populares recomendam que se raspe a parte interior branca da casca de banana e se esfregue na verruga duas a quatro vezes por dia durante cinco a sete dias. Há, inclusive, uma informação da Journal of Reconstrutive Surgery sobre um prova clínica que sugere que este tratamento por vezes ajuda. Eu estaria disposto a experimentá-lo.
  • Manjericão-grande (Ocimum basilicum): Esta planta aromática contém muitos compostos antivirais. Um remédio popular largamente utilizado para as verrugas é esfregar folhas de manjericão-grande maceradas sobre a verruga e cobri-la-ia com um penso. Mudaria as folhas e o penso diariamente, durante cinco a sete dias.
  • Papaeira (Carica papaya): Experimentei a fruta desta planta e não deu resultado, mas muitos curandeiros populares em todo o mundo recomendam a utilização da papaia para eliminar as verrugas. Se desejar experimentá-la aplique o sumo fresco de papaia duas vezes por dia.

Cuide da cútis: Algumas substâncias recomendadas neste artigo podem revelar-se bastante irritantes para a pele. Nem todos somos iguais quanto a reações da pele, pelo que se o leitor experimentar algum destes remédios e vir que lhe avermelha e irrita a pele em  volta da verruga, lave a área completamente e deixe de usar a planta.

FonteFarmácia Verde, de James A. Duke (adaptado)

Nota: A informação contida nesta página, não substitui a opinião de um técnico de saúde. Para um acompanhamento mais personalizado contacte  Aconselhamento Online ou Há sempre uma solução perfeita na Casa Escola António Shiva®

Receba as nossas novidades no seu email!

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade

Pin It on Pinterest