sardas

Começaremos por avisar que não se podem esperar milagres, pois as manchas pigmentárias da pele são rebeldes a todos os tratamentos cosméticos. Elas não desaparecem facilmente e, no máximo, apenas é possível desvanecê-las parcialmente, na certeza porém de que, na primeira exposição ao sol, reaparecerão inexoravelmente. No entanto, poderemos tentar algumas receitas, quase todas muito antigas, pois atualmente as sardas passaram a estar na moda.

Sumo de limão: este sistema, muito conhecido e simples, tem por protagonista o limão. Basta diluir o seu sumo com um pouco de água ( na proporção de 40 g para 30) para obter um preparado anti sardas… milagroso! Impregne um algodão com o líquido assim obtido e aplique-o sobre as manchas. Estas compressas deverão ser aplicadas várias vezes ao longo do dia, e conservadas, pelo menos, cinco minutos de cada vez.

Dente de leão: ferva 30 g de dente de leão em 1 l de água e lave frequentemente o rosto com o líquido obtido, se quiser alcançar algum resultado, diziam os antigos.

Infusão de sabugueiro: faça uma infusão com a casca do sabugueiro para aplicar sobre a forma de lavagens. Para isso ponha em infusão, durante 20 minutos, 40 g de casca em meio litro de água. Filtre o líquido obtido mas não dilua.

Genciana: para descolorir as sardas, eis mais um método, baseado em lavagens, repetidas ao longo do dia, com uma infusão de 30 g de genciana em meio litro de água durante meia hora e depois filtrada. A parte da planta utilizada é a raiz, que deve ser finamente pulverizada. O líquido obtido não deve ser diluído.

Laranja e cebola contra as sardas: faça aplicações alternadas de rodelas de laranja e rodelas de cebola. Segundo os nossos antepassados, a ação combinada das duas garantia o desaparecimento das manchas. Nós não prometemos tanto, apenas a sua descoloração.

Decocção de tília: 50 g de flores secas para ferver em 1 l de água, em lume brando, durante 20 minutos. Aplicar diariamente sob a forma de loção.

 

Retirado do livroAs plantas nossas amigas – A beleza pelas plantas

Nota: A informação contida nesta página, não substitui a opinião de um técnico de saúde. Para um acompanhamento mais personalizado contacte as Terapias Online ou  Há sempre uma solução perfeita na Casa Escola António Shiva.

Pin It on Pinterest

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar no nosso site consente a utilização dos mesmos. Saiba mais sobre os cookies aqui

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close