Sistema circulatório

É composto de artérias, veias, capilares, coração e sangue. A função básica do sistema circulatório é distribuir o sangue por todo o organismo, levando oxigénio e nutrientes às células. Transporta também os produtos residuais do metabolismo celular, desde os locais onde foram produzidos até os órgãos encarregados de eliminá-los.

Essa função desempenhada pelo sistema circulatório está associada metafisicamente à circulação das ideias pelo interior do ser. Analogamente ao processo de condução de nutrientes para o organismo realizado pelo sangue, elaboramos as informações recebidas do mundo externo, refletindo acerca do que se passa ao redor. Também mobilizamos o potencial criativo, deixando verter nossas próprias ideias. Não adianta negar os episódios que se passam ao redor, por mais desagradáveis que eles sejam. Encarar a verdade e refletir a respeito das ocorrências proporcionará uma ampla compreensão, que nos facultará melhores condições de agir na situação, evitando que ela se agrave ainda mais ou que nos afete diretamente.

A resistência em admitir os fatos não nos poupará dos seus reflexos. A indiferença aos assuntos pertinentes a nossa vida é a pior maneira de reagir a situações. Esse gesto equipara-se ao do avestruz: essa grande ave, quando se vê ameaçada, põe a cabeça num buraco, deixando todo o seu corpo exposto ao perigo. Do mesmo modo, quando a pessoa tenta fugir àquilo que está a sua frente, permanece exposta aos riscos e nada faz de objetivo para solucionar a crise.

Fluir na situação não representa concordar ou compactuar com os episódios da vida, mas sim estar consciente daquilo que está acontecendo ao redor, contribuir com o que for possível na situação, sem extrapolar nossos limites. A atitude metafísica saudável para o sistema circulatório é viver de forma a interagir com as pessoas e as situações cotidianas. Não permanecer estagnado nem tampouco bloquear-se diante dos desafios que a vida impõe no caminho. Ampliar gradativamente os horizontes de atuação, manifestando o nosso potencial realizador. Quem se recusa a admitir o que está acontecendo na sua vida, ou com alguém do seu convívio, bloqueia-se. Esses bloqueios são os conteúdos metafísicos causadores dos distúrbios circulatórios.

A prática de desporto, em especial a caminhada, é recomendada para quem tem problemas circulatórios. Esse procedimento não se limita apenas a benefícios físicos, mas também influencia positivamente a condição interna, causadora das doenças que afetam esse sistema. Enquanto caminhamos, geralmente refletimos a respeito do que estamos vivendo. E uma condição que propicia a criatividade, dando-nos maiores condições para encontrar as soluções dos nossos problemas. Em suma, o sistema circulatório reflete a maneira como estamos fluindo pela vida. O bom fluxo do ser pelas diversas situações do cotidiano resulta em sucesso pessoal, consequentemente, em saúde física. Já os bloqueios e resistências promovem o fracasso e também podem se somatizar em forma de complicações circulatórias.

Fonte: Metafísica da Saúde vol. 2 Sistemas Circulatório, Urinário e Reprodutor (Adaptado)

Composto e postado por Ângela Barnabé

Pin It on Pinterest

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar no nosso site consente a utilização dos mesmos. Saiba mais sobre os cookies aqui

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close