Hidraste ( Hydrastis canadensis L.) – Eficaz contra os catarros

 

O hidraste é um remédio popular nos Estados Unidos e no Canadá, que começa a empregar-se também no resto do continente americano, devido às suas interessantes propriedades.


Propriedades e Indicações:

O rizoma contém diversos alcalóides (hidrastina e berberina entre outros), óleo essencial, resinas e glícidos, assim como vitaminas A, B e C, e sais minerais, em especial, fósforo. Tudo isto lhe confere propriedades anti-sépticas, adstringentes, hemostáticas e anti-inflamatórias. Utiliza-se com êxito nos seguintes casos:

Catarros nasais, faríngeos e brônquicos. O hidraste actua eficazmente regenerando as células das membranas mucosas, pelo que diminui a secreçcão de muco e a congestão e inflamação que acompanha os estados catarrais. Aplica-se tanto por via interna (1), como externa (gargarejos) (2).

Menstruação excessiva e metrorragias (hemorragias uterinas) (1), devido ao seu efeito constritor sobre o útero. Nestes casos o seu emprego exige a vigilância do médico.

Vaginite e leucorreia (2), aplicada em forma de irrigações e lavagens.

Piorreia e gengivite (inflamação das gengivas).

Conjuntivites (irritações oculares) (2), por meio de lavagens.


Preparação e emprego

Uso interno

1-lnfusão de uma colherada de raiz triturada, por cada chávena de água. Deixar repousar até arrefecer. Tomam-se duas colheradas desta infusão de 4 em 4 horas.

 

Uso externo

2-Aplica-se esta mesma infusão externamente, em bochechos, gargarejos, irrigações e lavagens.


Outros nomes: hidrastis. Esp.: hidraste, sello de oro. Fr.: hydrastis. Ing.: goldenseal.

Habitat: Bosques montanhosos e húmidos da América do Norte. Não se cria no continente europeu.

Descrição: Planta da família das Ranunculáceas, cujos caules nascem de um rizoma rasteiro, e atingem de 30-40 cm de altura. De folhas grandes e palmadas, de cor verde escura. Na ponta do caule forma-se um pequeno capítulo floral.

Partes utilizadas: o rizoma.


Fonte: A Saúde pelas Plantas Medicinais, Vol.1, de Jorge D. Pamplona Roger