Damiana (Tumera diffusa Wild) – Tonificante e afrodisíaca

As folhas desta planta, de agradável sabor aromático, empregam-se como substituto do chá, e gozam de merecida fama como afrodisíaco.


Propriedades e Indicações:

As folhas contêm um óleo essencial (rico cineol, cimol e pineno), o glicósido arbutina, um princípio amargo tanino e resina. As suas propriedades medicinais não dependem de nenhum destes compostos isoladamente, mas resultam da combinacão de todos eles. São as seguintes:

Tonificante nervoso: O seu uso dá bons resultados em caso de astenia, debilidade, esgotamento físico ou intelectual e stress (1,2). Ao contrário do que acontece com outros estimulante, tem uma ação suave e não gera dependência.

Estimulante dos órgãos genitais: comprovou-se que produz um aumento do número e na vitalidade dos espermatozóides. Na mulher, regulariza o ciclo menstrual e estimula as funções do ovário. Em ambos os sexos tem um efeito revitalizante e afrodisíaco que, ao contrário de outros estimulantes sexuais, não tem efeitos secundários conhecidos. É indicada em caso de impotência masculina, ejaculação precoce e espermatorreia (derramamento involuntário de sémen) (1,2).

Diurético suave (1).


Preparação e emprego

Uso interno

1-lnfusão: 60-90 g de folhas por litro de água. Tomar 2 ou 3 chávenas diárias.

2-Extractos: sob a forma de diversos preparados farmacêuticos.


Outros nomes: turnera. Esp.: turnera, malva blanca, mejorana. Fr.: thé bourrique. Ing. : [mexican] damiana.

Habitat: Sul dos Estados Unidos, México e países da América Central. Não se dá na Europa.

Descrição: Arbusto da família das Turneáceas, que pode atingir 2 m de altura. As folhas são pequenas e dentadas, mais claras pela face inferior. As flores são pequenas, amarelas, e nascem nas axilas foliares superiores.

Partes utilizadas: as folhas.


Fonte: A Saúde pelas Plantas Medicinais, Vol.2, de Jorge D. Pamplona Roger

Pin It on Pinterest