fígado

Fígado – órgão da mudança

Força agressiva

 O fígado é o maior órgão do corpo. Está localizado na parte superior da cavidade abdominal. Uma das suas funções consiste na produção da bílis. As atividades indiretas do fígado consistem na sintetização dos elementos necessários à coagulação e à desintoxicação sanguínea. Esta última é feita graças à absorção e remoção de bactérias e corpúsculos estranhos ao sangue. A moderação é a condição de fundamental importância para o bom funcionamento do fígado.

Os excessos no plano físico ocorrem com o uso demasiado de gorduras, álcool e drogas. Essa atitude tem sua origem na falta de respeito a seus próprios limites, o que leva aos já conhecidos complexos de superioridade e de inferioridade. O bom senso é fator primordial para o perfeito funcionamento do fígado. Ele sempre desempenhará bem as suas funções na medida em que formos moderados e comedidos diante dos fatos que ocorrerem à nossa volta.

Perceba como anda seu humor. Você se altera com frequência diante das diferentes situações? A alteração do humor interfere diretamente na função metabólica do fígado. Encarar serenamente uma situação difícil, sem dramatizar os fatos, torna as coisas mais leves e fáceis de serem digeridas. Esse comportamento facilita a decomposição dos alimentos no nosso corpo, até mesmo os mais pesados, como a gordura. As pessoas dramáticas, ao alardearem tudo que lhes acontece, tornam as coisas mais difíceis de serem resolvidas, dificultando a função do fígado em metabolizar elementos mais complexos.

A sua capacidade de desintoxicação do sangue está diretamente relacionada à capacidade do indivíduo em discernir e avaliar o que ocorre à sua volta, ou seja, na distinção entre o que lhe é útil e o que não lhe serve, entre o que lhe proporciona prazer e alegria e aquilo que lhe provoca desconforto.

O fígado é um órgão que gera, distribui e controla o suprimento de energia do corpo, modulando a força vital. Ao sentirmos uma perda em nosso entusiasmo pela vida, sentiremos também uma redução do apetite. Tudo que resultar em vitalidade será por nós evitado. Esse padrão de comportamento pode provocar a anemia ou mesmo distúrbios de coagulação sanguínea, levando a frequentes hemorragias.

O nosso organismo tem grande facilidade de adaptação a novas condições, sejam elas climáticas ou alimentares. Essa capacidade é grandemente prejudicada nas pessoas que não possuem essa mesma facilidade com relação a situações novas. Para elas, as mudanças são acompanhadas de desarranjos gastrointestinais ou mesmo de outras alterações metabólicas, principalmente do fígado.  Portanto, rejeitar o novo e não saber extrair o melhor da situação prejudica a função desse órgão de absorver e eliminar corpúsculos estranhos ao sangue.

Possui também uma grande capacidade de regeneração, qualidade intensificada em pessoas mais flexíveis às mudanças e com maior facilidade em se refazerem a partir de situações difíceis.

Retirado do livro Metafísica da Saúde vol. 1 de Valcapelli & Luiz Antonio Gasparetto (Adaptado)

Composto e postado por Ângela Barnabé

Pode também gostar de:

Holler Box

Pin It on Pinterest