Erigerão (Erigeron canadensis L.) – Hemostático e antidiarreico

Os índios da América do Norte têm usado esta planta desde tempos imemoriais para o tratamento das hemorragias uterinas e das menstruações demasiado abundantes.

Na Europa, a sua essência foi utilizada durante a Primeira Guerra Mundial como hemostático, para deter hemorragias.

É uma planta muito apreciada nos Estados Unidos e no Canadá, que vai sendo cada vez mais conhecida e utilizada na Europa.


Propriedades e Indicações:

Toda a planta contém tanino, resinas, flavonóides, ácido gálico e colina, além de um óleo essencial (óleo de pulicária) composto por limoneno, dipenteno e terpinol. O erigerão tem as seguintes propriedades:

Hemostático: Utiliza-se sobretudo para deter as menstruações demasiado abundantes ou prolongadas (1,2). Também é eficaz nalguns casos de hematúria (sangue na urina). Convém recordar que qualquer perda anormal de sangue deve ser objecto de consulta médica.

Antidiarreico: Detém as diarreias simples, mas também é eficaz nas disenterias (diarreia acompanhada de muco e sangue) e na febre tifóide (1,3).

-Diurético e anti-reumático: Facilita a eliminação de ácido úrico com a urina. É portanto indicado nos casos de gota, hiperuricemia (excesso de ácido úrico) e de litíase renal (cálculos ou pedras nos rins) (1,2).


Preparação e emprego

Uso interno

1- Infusão ou decocção com uma colher de sopa de folhas secas, por chávena de água. Administram-se 2 ou 3 chávenas por dia.

2-Extracto seco: A dose habitual é de 1-2 g por dia, repartidos em 2 ou 3 tomas.

 

Uso externo

3-Enemas (clisteres)com a mesma infusão ou decocção que se toma bebida.


Outros nomes: avoadinha, avoadeira. Brasil: cauda-de-raposa. Esp.: erígeron canadiense, olivarda del Canadá. Fr.: erigéron, vergerette du Canada. Ing.: horseweed, Canadian fleabane.

Habitat: Originário da América do Norte. No século XVII foi trazido para a Europa, onde se expandiu rapidamente. PIanta conhecida também na América do Sul. Encontra-se nos terrenos ermos, bermas dos caminhos e aterros.

Descrição: Planta herbácea da família das Compostas, que pode atingir um metro de altura. As suas abundantes folhas são alongadas e estreitas, e as flores de cor branca-creme.

Partes utilizadas: as folhas.


Fonte: A Saúde pelas Plantas Medicinais, Vol.1, de Jorge D. Pamplona Roger

Pode também gostar de:

Holler Box

Pin It on Pinterest