Erva-de-são-roberto (Geranium robertianum L.) – Limpa os olhos e desinflama a boca

Deve-se ter cuidado para não a confundir com a cicuta. Ambas deitam um cheiro desagradável e têm folhas muito parecidas. Ora a erva-de-são-roberto torna-se fácil de identificar pelas suas flores cor-de-rosa, e pelos frutos que, secos, se assemelham a uma pequena candeia ou ao bico de um grou.


Propriedades e Indicações:

Toda a planta contém uma substância amarga (geranina), um óleo essencial que lhe comunica o seu cheiro típico, e importantes quantidades de tanino, que determinam a sua acção adstringente.

Em uso interno apresenta propriedades adstringentes, diuréticas, fluidificantes do sangue e ligeiramente hipoglicemiantes. Utiliza-se em casos de diarreia, edemas (retenção de líquidos), e como complemento no regime dos diabéticos (1,2).

Actualmente emprega-se sobretudo em uso externo, pelas suas propriedades adstringentes e vulnerárias, nos seguintes casos:

-Afecções dos olhos: irritação ocular, remelas, conjuntivite (3).

-Afecções bucais: estomatite, faringite. gengivite (3).

-Erupções cutâneas: herpes, eczemas e infecções da pele (4).


Preparação e emprego

Uso interno

1-Decocção de 20 g de planta por litro de água, de que se tomam 3 ou 4 chávenas por dia.

2-Essência: A dose habitual é de 2-4 gotas, três vezes ao dia.

Uso externo:

3-Lavagens oculares e bochechos bucais, com uma decocção de 40 g de planta por litro de água.

4-Compressas, com esta mesma decocção (40 g por litro).


Outros nomes: bico-de-grou, bico-de-grou-robertino, erva-roberta. Brasil : gerânio. Esp.: hierba de San Roberto, hierba de San Ruperto. Fr.: herbe à Robert. Ing.: herb Robert.

Habitat: Encontra-se vulgarmente em lugares sombrios como muros, sebes e barrancos de toda a Europa e América do Norte.

Descrição: Planta herbácea da família das Geraniáceas, que atinge de 20 a 60 cm de altura. Toda a planta tem um tom avermelhado e exala um cheiro desagradável típico. As flores são rosadas, em grupos de duas.

Partes utilizadas: a planta inteira.


Fonte: A Saúde pelas Plantas Medicinais, Vol.1, de Jorge D. Pamplona Roger

Pin It on Pinterest

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar no nosso site consente a utilização dos mesmos. Saiba mais sobre os cookies aqui

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close